peppedepaula@hotmail.com

domingo, 30 de outubro de 2011

CLICKS DO TURISMO...


Estou devendo aqui para o meu blog, textos da série Viagens, que aliás tenho muitas por esse "mundão", inclusive da última viagem feita para Poços de Caldas MG, mas vou escrevendo devagar, ou ainda tenho que procurar nos meus arquivos, coisas bastante interessantes,para quem sabe um dia conquistar novos leitores e seguidores e até clientes...rsrs

Mas hoje vou homenagear um grande amigo e mentor, um dos mais notáveis

experts em Turismo do Brasil, o jornalista Jarbas Favoretto, de onde retirei alguns clicks que publico aqui hoje, e poderão ser encontrados na página da AMITUR, www.amitur.org.br, que muito propriamente, sempre tem algo muito interessante do TURISMO a nos mostrar.

Especificamente os clicks aqui inseridos hoje, são para alertar e informar a todos os empresários do TURISMO e HOTELARIA, para que estejam devidamente cadastrados no CADASTUR ,http://cadastur.turismo.gov.br/cadastur/index.action, é muito fácil, rápido e gratuíto, mas que poderá facilitar a vida dos mesmos quando precizarem adquirir financiamentos e incentivos para seus empreendimentos.

Jarbas cita em seu texto: "(...) Depois de muita lengalenga, e de vai-e-volta, está decidido e autorizado pelo Ministério do Turismo que o registro nas prefeituras, o chamado ‘CCM ou Cadastro de Contribuintes Mobiliários’ passa a ter o mesmo valor de um ‘Alvará de Licença e Funcionamento’.

Quem está ligado ao turismo tem obrigação de se cadastrar no Ministério do Turismo, mas isso vinha sendo impedido em algumas cidades que não podiam expedir o competente Alvará.

Considerando que a Lei Federal 11.771 estabelece poderes decisórios ao Ministério do Turismo, este vem informar que passa a aceitar o CCM sempre que houver problema com a emissão do Alvará.

Por oportuno, vale lembrar que aquele que não se registrar no Cadastur do Ministério do Turismo estará prejudicando toda a sua cidade, além de ser punido no futuro por sua falta de cidadania. Entre no site do Ministério do Turismo e faça o seu registro. Não há taxa a pagar."

Então, quem passa por aqui, do trade, empresários, estudantes ou não, divulguem essa informação a respeito, só espero que a Prefeitura da sua cidade esteja preparada para informar se também está em sintonia com essa informação acima.


O que é o CADASTUR? Talvez você, leitor, que passou por aqui pergunte, bom, se você linkar o endereço eletrônico que coloquei acima, vai descobrir, mas aqui vai um prólogo, CADASTUR é o Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo. Executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com os Órgãos Oficiais de Turismo nos 26 Estados do Brasil e no Distrito Federal, permite o acesso a diferentes dados sobre os Prestadores de Serviços Turísticos cadastrados.

O Sistema recebe cadastros obrigatórios dos prestadores de serviços turísticos das seguintes atividades:

• Meios de Hospedagem (albergue, condo-hotel, flat, hotel urbano, hotel de selva, hotel fazenda, hotel histórico, pousada, resort e cama & café)
• Agências de Turismo
• Transportadoras Turísticas
• Organizadoras de Eventos
• Parques Temáticos
• Acampamentos Turísticos
• Guias de Turismo

Em caráter opcional, também poderão se cadastrar:

• Restaurantes, Cafeterias e Bares
• Centros de Convenções
• Parques Aquáticos
• Estruturas de Apoio ao Turismo Náutico
• Casas de Espetáculo
• Prestadoras de Serviços de Infraestrutura para Eventos
• Locadoras de Veículos para Turistas
• Prestadoras Especializadas em Segmentos Turísticos

O cadastro permite a participação em eventos, feiras e ações realizados pelo Ministério do Turismo e pela Embratur, tais como o Salão do Turismo, Vai Brasil e Portal de Hospedagem. Disponibiliza também o acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais, além da participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo MTur. O cadastro é excelente fonte de consulta do mercado turístico brasileiro.

O restante vocês poderão saber no site do Ministério, ou se quiserem, podem participar e perguntem aqui, na minha página, que estarei com muita satisfação ao seu dispor para responder qualquer questão pertinente ao Turismo, Hotelaria, Educação Física para o Turismo e Lazer...

Saudações turísticas e até o próximo texto!

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

ABAV 2011

Esta semana que passou eu estive na aprazível cidade de POÇOS DE CALDAS e rascunhei algo, mais para o lado crítico hoteleiro que publicarei em próximo artigo, mas hoje vou escrever de um dos maiores eventos de turismo da América do Sul, ou latina, como muitos gostam de ressaltar, mas longe das interpretações sobre os colonizadores do nosso continente, agora no Rio de Janeiro, mais precisamente nos dias 19,20 e 21 de outubro, está acontecendo o 39º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens e Feira das Américas, que é o maior evento de TURISMO do continente, que deveria ser conhecido por aqueles que fazem parte do TURISMO SEBASTIANENSE tanto políticamente como empresarialmente...

Estande da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo - ABAV 2010 RJ


Antes de falar na primeira pessoa, citarei algumas informações a respeito desse evento que já participei inúmeras vezes, algumas vezes representando o município, inclusive organizando e montando a estrutura e outras vezes por minha própria conta ou assessorando alguns hoteleiros da região,infelizmente esse ano não pude ir, a "cidade" assim o quis, mas de qualquer forma o TURISMO está em minhas "veias" e eu acompanhei bem de perto os acontecimentos , como sempre faço, mas uma coisa muito bacana este ano foi a Campanha contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes no Turismo, como aconteceu no FACEBOOK com a mudança das fotos do perfil pelo teu personagem de desenho animado preferido, que não achei uma boa idéia e nem aderi, pois são nesses momentos que os pedófilos se aproveitam, vulnerabilizou o FB, enfim, cada um é cada um, mas a iniciativa da ABAV foi show!!!


O Evento é tão importante que cresce a cada ano, a Abav 2011 cresceu e o total de pré-inscritos já é 48% maior que em 2010. A maior parte dos inscritos é do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul e Paraná, embora existam inscritos de todo o Brasil, América do Sul, Europa e outros continentes.

De forma inédita, o 39º Congresso Brasileiro de Agências de Viagens terá um total de 52 oficinas e três plenárias acontecendo no período da tarde, simultaneamente à Feira das Américas. A inscrição para a Feira dá acesso, automaticamente, ao Congresso que apresenta outra novidade além do novo horário: algumas oficinas serão apresentadas duas vezes em dias diferentes permitindo que mais pessoas tenham acesso àquele conteúdo.

Abrindo cada dia de Rodada de Oficinas, a Abav programou plenárias de maior abrangência temática com 45 minutos de duração. O primeiro painel é no dia (19/10) com o antropólogo Roberto DaMatta falando sobre “Ética no Poder - A História, Cultura e o Comportamento do Brasileiro”, das 12h30 às 13h15; no segundo dia (20/10) no mesmo horário é a vez do painel “O Segredo dos melhores promotores do Brasil” que terá como moderador Gustavo Syllos (Forma e Conteúdo) e os participantes Claudia Brazil (Esferatur); Ivan Mauro (Costa Cruzeiros); Mílvia Santos (TAM); e Deusa Rodrigues, da Designer Tours.

No último dia (21/10) um eclético encontro sobre “Blog de Viagem - O Poder de Influenciar Escolha de Destinos e Roteiros” tendo Artur Luiz Andrade do Blog Panrotas como mediador e a participação de Caco de Paula, editor chefe da Abril/Turismo; o publicitário Francisco Ancona Lopez; e Romina Rozensztajn, da Tripadvisor.

Já as oficinas vão durar meia hora e acontecerão em seis salas diferentes. Intervalos de 15 minutos permitirão que o público troque de oficina e aproveite a oportunidade para atualizar-se profissionalmente em várias assuntos.

O temário foi estruturado para atrair três níveis de público: o estratégico, o gerencial e as pessoas da linha de frente e vai desde “Olimpíadas 2016 : Estratégias e Recomendações para Destinos e Distribuidores de Viagens durante Mega Eventos” com Carlos Luiz Martins, do Comitê Olímpico Brasileiro; passando pela criativa palestra “Viagens de Experiência –Seu passageiro quer ser o James Bond? No problem!” com Pedro Ópice e Guilherme Freitas da Jazzside; e, agregando contemporaneidade, a oficina “On-line Travel Agency: entenda as motivações para compras on-line”, feita por Pedro Luis Seabra, fundador da Bysense Tecnologia.

Oportunidade ideal para alguns dirigentes que vão por lá, para aprenderem um pouco o que é TURISMO e não ficar passeando para lá e para cá...hehe

Ana Clévia - Diretora do Ministério do Turismo

Esse evento é realmente importante, mas minha análise como participante, técnico e conhecedor, a avalia como mais um evento para se fazer contatos, estar entre o trade e aprender muito, o retorno, concernente a venda de nosso PRODUTO TURÍSTICO GLOBALIZADO é insignificante e quando a pessoa que aparece por lá não conhece nada e nem ninguém, como vi muitas vezes, fica "voando" de um lugar ao outro, sendo apresentada por um assessor ou algum outro que fica soprando no ouvido, quem é esse ou aquele? O ideal seria algum político perspicaz, ou um dirigente com igual adjetivo para arrigementar e conhecer emendas parlamentares para canalizá-las para a cidade que eles deveriam representar, do contrário, como acontece comumente é simplesmente mandar alguém para passear no Rio de Janeiro, que mal sabe falar o português direito, pois vai enfrentar a multiracialidade do ambiente,bom, mas vai poder conhecer o Rio de Janeiro e fazer TURISMO, assim até eu...

EU e representantes da Cidade de Caraguatatuba na ABAV 2010.

Além disso a estratégia de só levar "panfletinhos" já está ultrapassada, agora, são pendrives, CD's promocionais formatados em vídeos e informações turísticas virtuais até em 3D, enfim na estratégia do município para inovar e se fazer conhecer pelo TRADE NACIONAL é imprescindível que haja um PLANEJAMENTO anual para a promoção, mas, tem que ser feito com as demais ações de uma SECRETARIA ou outro MODELO EXCLUSIVO para uma boa gestão do TURISMO, efetuadas por PROFISSIONAIS DE TURISMO e que saibam falar pelo menos dois idiomas!

Qualidade!!!

Voces poderão ler depoimentos dados por mim sobre a ABAV 2010 no link:

http://www.jornaldapaulista.com.br/site/page.php?key=2444

Shalom aleihem!

domingo, 9 de outubro de 2011

A LUTA PARA FAZER SÃO SEBASTIÃO UMA CIDADE TURÍSTICA...

"Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons, mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis."
( Bertold Brecht )


Olá amigos amantes do turismo ou não...

Começo o artigo de hoje com esse vídeo que recebi do nobre edil sebastianense Paulo Henrique, o conhecido PH, que para a felicidade dos munícipes, se engajou na luta em transformar as ações relacionadas ao TURISMO, o que explicitamente, eu luto ha muitos anos, pois, só através do profissionalismo, uma posição mais concreta e duradoura São Sebastião terá no competitivo mercado.

Não sei ao certo, se as influências ao vereador, no que dizem respeito a esse assunto, que humildemente, posso sugerir, foram um pouco dos inúmeros colóquios que tive com o mesmo, bem antes do tempo em que ainda não era vereador e que nutro uma amizade respeitosa e apolítica, mas muito me agrada, acompanhar suas proposituras pró turismo e parabenizá-lo por isso.

Eu havia mencionado em artigo anterior em relação às comemorações do Dia Mundial do Turismo, inclusive escrevi, que por aqui faz tempo que não temos muito o que comemorar, mas eu tenho esperanças que do avenir, surja ou renasça, não sei, um gestor que tenha competência em estruturar a sua pasta adequadamente, sem ter que pagar um preço alto em colocar um não técnico, ou ser extremamente centralizador, como o que comumente acontece.

Muitas pessoas que encontro e me perguntam sobre uma maneira de, economicamente, nos colocarmos à margem da dependência dos royalties do petróleo e fossemos substancialmente posicionados como uma localidade potencialmente de referencial turístico, nacional e internacional?

Vale lembrar que para qualquer planejamento é necessário fazer uma análise conjuntural e pragmática de todas as especificidades de nosso município e região, e para isso estatísticas e números, algo que nunca existiu por aqui, fossem levados em conta, daí nascem os PLANOS DIRETORES DE TURISMO, que nortearão  as ações para se  chegarem a objetivos como um dos questionados acima.

Mas, por enquanto, eu posso sugerir que São sebastião, se profissionalize em turismo, primeiramente com políticas públicas que favoreçam o segmento. Uma Secretaria de Turismo, tem que ser exclusiva, sem vínculos diretos com outras pastas, como Esporte, Cultura e etc, o foco deve ser  único e direcionado, ou outro modelo qualquer, Agência, Fórum  e etc, mas sempre atrelada a única idéia: O FOMENTO IRRESTRITO AO TURISMO!

Esse modelo já existe em muitas cidades e regiões, inclusive aqui no Brasil, principalmente no sul e nordeste do país, e a cidade de Socorro, hoje é cidade referência em gestão de turismo, nacional e internacionalmente.

Voltando à Secretaria de Turismo, ela preferencialmente, deve ser estruturada profissionalmente, com um organograma complexo e fazendo parte dela "experts" em turismo, salvo Secretário e Diretor (Cargos políticos), porém deveriam ser escolhidos através de uma lista tríplice saída de indicações do CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO, por sua vez deliberativo e com conselheiros comprometidos com o Turismo da Cidade e Associação Comercial.

O Secretário tem como principal função, articular as políticas públicas e fazer cumprir las, aproximar o COMTUR , TRADE e Associação Comercial do Governante Mor, o Alcaide. Deverá, acatar as deliberações do COMTUR e frequentemente consultar a Associação Comercial nas questões todas, relacionadas ao Turismo, pois, acredito eu, quem sabe o que é melhor para atrair demanda aos seus respectivos estabelecimentos são aqueles que diretamente tem consequências nessas ações, o TRADE.

A seguir sugiro um modelo de estrutura organizacional de uma Secretaria de Turismo, que poderia facilmente organizar o andamento do segmento no Município, em momento oportuno, escreverei as competências de cada personagem desse "esqueleto", mesmo por que, no momento ele é experimental, sugestivo ainda e talvez um pouco complexo, mas que bem estudado e planejado, até funcionários já existentes (concursados) poderiam ser aproveitados,  bem como estagiários da área.



Aí está então uma sugestão para uma pasta funcionar adequada e profissionalmente na busca de uma gestão profissional em TURISMO e  que futuramente poderemos discutir, uma a uma as funções ou ainda melhorar, afinal de contas a união de boas idéias sempre vai ser o melhor caminho para o sucesso...

Shavua tov, boa semana a todos!